14 junho 2006

MEU POST DE HOJE É ESSE MESMO.. um trecho dessa música, resume o que venho sentindo.
Me sinto só,
Mas quem é que nunca se sentiu assim
Procurando um caminho pra seguir,
Uma direção - respostas
Um minuto para o fim do mundo,
Toda sua vida em 60 segundos
Uma volta no ponteiro do relógio pra viver

O tempo corre contra mim, sempre foi assim e sempre vai ser
Vivendo apenas pra vencer a falta que me faz você
De olhos fechados eu tento esconder a dor agora
Por favor entenda, eu preciso ir embora.

De olhos fechados eu tento enganar meu coração
Fugir pra outro lugar em uma outra direção.

Eita espera complicada...um ponto de interrogação.....Deus ajude a saber esperar!

Desejo um ótimo feriado pra todos.

5 comentários:

Valéria Leandro dos Reis disse...

Querida Mari!
Concordo com você, é uma espera complicada mesmo... nossa gravidez não tem tempo certo para acabar.
Com certeza será muito doce esse parto.
Deus nos ajude a exercitar o dom da paciência.
Um beijo
Valéria

Cél disse...

Mari,
Li seu desabafo no grupo e agora leio esse post.
Só o que posso te dizer é que essa dor, esse vazio, essa incerteza (infelizmente) fazem parte da espera por uma adoção.
É um caminho difícil desde o começo com a papelada, a burocraica, a investigação da sua vida.
Aí vem a espera e, muitas vezes, criamos um mundo imaginário e doce, sonhamos com nosso filho ideal, com sua chegada. Por isso é tão difícil encarar a realidade da espera.
Mas não se sinta sozinha, querida !
Somos muitas a esperar. E esperar pelo destino ! Algumas amigas têm a sorte de ter uma espera breve, outras necessitam de tempo maior. Sim, pq toda essa espera não é à toa. Acredite !!!
Pode doer, pode maltratar, mas é necessária.
Pense que vc está se preparando, que seu filho está sendo preparado !
Eu já aprendi tanta coisa nessa caminhada e uma delas é que nossos ideais mudam, nossas prioridades tb, como se algo fosse se moldando para a realidade que está por vir. E aí, quando menos se espera, chega o dia.
Vai chegar prá vc, vai chegar prá mim !
Até lá, conte comigo sempre, sempre que vc precisar !
Tb vivo esse vazio, querida.
As vezes tb sinto que ninguém pode me ajudar...
Fique firme, fique forte.
FÉ !!!
Com carinho,
Cél.

tÂNIA disse...

Oi Mari!!! i seu desabafo no EBS não respondi mas vim te faze uma visitinha e dizer que eu não saberia te confortar mas posso te dizer como a Ivany que nada como um dia após o outro e sua tristeza vai passara final vc tem o marido né?? e tem vc acima de qualquer coisa!! Vou te adicionar no meu msn tá no findi a gente talvez se encontre. Bjs
Tânia

Silvana disse...

Oi Mari, já me senti assim como você, a espera parece ser eterna, são dias triste.
Mas pode ter certeza que seu dia chegará, Deus deve esta lhe preparando algo muito especial.
Eu esperei muitos anos para ser mãe, já nem lembro mais o quanto sofri por não ser mãe, a alegria é tanta, qua a gente acaba esquecendo de tudo de ruim que a gente passou.
Beijos e vê se melhora tá?
Bom final de semana.

Katia e Jessica disse...

Oi Mari
Desculpa a demora em aparecer por aqui, mas não é esquecimento e sim falta de tempo, menina de Deus corro o dia todo no serviço e em casa pois a baixinha tá na fase de querer atenção e como fico longe o dia todo procuro curtir ela ao máximo.
Li que vcs estão querendo vir pro sul de novo, não esquece de me avisar pra gente marcar pra vcs irem lá em casa desta vez, daí tu já conhece a Jéssica e o Claudio, ficaremos muito felizes.
Beijos e quando der aparece no nosso cantinho ou manda um e-mail pra gente.

katia